Conteúdo / texto

Destaques

Texto

Educação digital para escolas seguras

educação digital

Segurança digital e escola

A segurança digital é um tema importante e atual que pode ser relacionado com a violência nas escolas. A internet e as redes sociais são ferramentas que podem ser usadas para o bem ou para o mal. Infelizmente, muitas vezes elas são usadas para desinformação e para espalhar mensagens de ódio e violência, o que pode afetar a segurança dos alunos e professores.

De acordo com a pesquisadora brasileira Ana Beatriz Barbosa Silva, “a internet é um espaço sem fronteiras e sem limites, onde tudo é possível”. Isso significa que a violência nas redes sociais pode se espalhar rapidamente e afetar muitas pessoas em pouco tempo.

Outro pesquisador brasileiro, Cláudio Sassaki, destaca que “a educação digital é fundamental para prevenir a violência nas escolas”. Ele sugere que as escolas ensinem os alunos sobre como se proteger online e como usar a internet de forma responsável.

Para enfrentar o problema da violência nas escolas, é importante que as escolas estejam atentas à segurança digital e tomem medidas para prevenir a violência nas redes sociais e na internet. Isso pode incluir a implementação de políticas de segurança digital, a educação dos alunos sobre como se proteger online e a criação de um ambiente escolar seguro e acolhedor para todos.

Além disso, os pais também têm um papel importante na segurança digital dos filhos. Eles devem conversar com seus filhos sobre os perigos da internet e ensiná-los sobre como se proteger online. É importante que os pais estejam envolvidos na vida digital dos filhos, acompanhem e orientem suas atividades online.

Educação digital preventiva

Um programa de educação digital preocupado com a prevenção às violências deve ter como objetivo principal a conscientização e a prevenção de comportamentos violentos e abusivos na internet e fora dela. O programa pode ser desenvolvido com base em pesquisas e estudos que identifiquem as principais formas de violência digital e as melhores práticas para preveni-las.

O programa deve ser voltado para crianças e adolescentes, mas também pode ser direcionado para pais, professores e outros adultos que trabalham com jovens. Ele deve incluir informações sobre os riscos associados ao uso da internet e das redes sociais, bem como estratégias para lidar com situações de violência online.

Alguns exemplos de programas que abordam a prevenção à violência digital incluem o Cidadão Digital, realizado pela Safernet Brasil, e o curso Comunidade Escolar na Prevenção e Resposta às Violências.

O EducaMídia é uma iniciativa que tem como objetivo promover a educação midiática no Brasil. O programa disponibiliza uma série de referências em educação midiática em sua biblioteca online, incluindo artigos, colunas e outras produções acadêmicas.

O Guia da Educação Midiática é outra referência importante para quem deseja se aprofundar no assunto. O guia foi desenvolvido pelo EducaMídia e apresenta conceitos e práticas relacionados à educação midiática.

Idade Mídia

Idade Mídia é uma série de televisão que aborda o tema mídia e educação e suas diversas facetas. São episódios com experiências e práticas inovadoras, entrevistas com profissionais e participação ativa de estudantes universitários. A série foi desenvolvida pelo Canal Futura e estreou em julho de 2020.

O primeiro episódio da série mostra o projeto Imprensa Jovem e conversa com a psicanalista Vera Iaconelli. A série está disponível gratuitamente na plataforma Globoplay.

Clique e conheça um dos programas da série Idade Mídia

 

Um pensamento em "Educação digital para escolas seguras"

Deixe um comentário

Faça sua parte e todos teremos uma Internet mais segura!

Texto

Texto

Texto

Texto

Educação digital para escolas seguras

educação digital

Segurança digital e escola

A segurança digital é um tema importante e atual que pode ser relacionado com a violência nas escolas. A internet e as redes sociais são ferramentas que podem ser usadas para o bem ou para o mal. Infelizmente, muitas vezes elas são usadas para desinformação e para espalhar mensagens de ódio e violência, o que pode afetar a segurança dos alunos e professores.

De acordo com a pesquisadora brasileira Ana Beatriz Barbosa Silva, “a internet é um espaço sem fronteiras e sem limites, onde tudo é possível”. Isso significa que a violência nas redes sociais pode se espalhar rapidamente e afetar muitas pessoas em pouco tempo.

Outro pesquisador brasileiro, Cláudio Sassaki, destaca que “a educação digital é fundamental para prevenir a violência nas escolas”. Ele sugere que as escolas ensinem os alunos sobre como se proteger online e como usar a internet de forma responsável.

Para enfrentar o problema da violência nas escolas, é importante que as escolas estejam atentas à segurança digital e tomem medidas para prevenir a violência nas redes sociais e na internet. Isso pode incluir a implementação de políticas de segurança digital, a educação dos alunos sobre como se proteger online e a criação de um ambiente escolar seguro e acolhedor para todos.

Além disso, os pais também têm um papel importante na segurança digital dos filhos. Eles devem conversar com seus filhos sobre os perigos da internet e ensiná-los sobre como se proteger online. É importante que os pais estejam envolvidos na vida digital dos filhos, acompanhem e orientem suas atividades online.

Educação digital preventiva

Um programa de educação digital preocupado com a prevenção às violências deve ter como objetivo principal a conscientização e a prevenção de comportamentos violentos e abusivos na internet e fora dela. O programa pode ser desenvolvido com base em pesquisas e estudos que identifiquem as principais formas de violência digital e as melhores práticas para preveni-las.

O programa deve ser voltado para crianças e adolescentes, mas também pode ser direcionado para pais, professores e outros adultos que trabalham com jovens. Ele deve incluir informações sobre os riscos associados ao uso da internet e das redes sociais, bem como estratégias para lidar com situações de violência online.

Alguns exemplos de programas que abordam a prevenção à violência digital incluem o Cidadão Digital, realizado pela Safernet Brasil, e o curso Comunidade Escolar na Prevenção e Resposta às Violências.

O EducaMídia é uma iniciativa que tem como objetivo promover a educação midiática no Brasil. O programa disponibiliza uma série de referências em educação midiática em sua biblioteca online, incluindo artigos, colunas e outras produções acadêmicas.

O Guia da Educação Midiática é outra referência importante para quem deseja se aprofundar no assunto. O guia foi desenvolvido pelo EducaMídia e apresenta conceitos e práticas relacionados à educação midiática.

Idade Mídia

Idade Mídia é uma série de televisão que aborda o tema mídia e educação e suas diversas facetas. São episódios com experiências e práticas inovadoras, entrevistas com profissionais e participação ativa de estudantes universitários. A série foi desenvolvida pelo Canal Futura e estreou em julho de 2020.

O primeiro episódio da série mostra o projeto Imprensa Jovem e conversa com a psicanalista Vera Iaconelli. A série está disponível gratuitamente na plataforma Globoplay.

Clique e conheça um dos programas da série Idade Mídia

 

Um pensamento em "Educação digital para escolas seguras"

Deixe um comentário

Faça sua parte e todos teremos uma Internet mais segura!

Destaques

Compartilhe esse conteúdo

plugins premium WordPress

Boas-vindas LED

Skip to content