Meninas e mulheres na ciência

A educação científica em prol da equidade de gênero 

O Programa Futuras Cientistas, vencedor do Prêmio LED 2022, aposta na trajetória de meninas, para que se tornem mulheres das áreas de ciências, tecnologia, engenharia e matemática (STEM – Ciência, Tecnologia, Engenharia e Matemática), através de iniciativas de formação e incentivo. A busca é por inovação e impacto educacional através de ferramentas digitais, plataformas e redes sociais, envolvendo as participantes no desenvolvimento de projetos científicos, na relação com mulheres que já atuam nessas áreas e na promoção de espaços de acesso a vagas em universidades, estágios e empregos. A troca de experiências com quem já está na ativa é muito importante, além de aproximar a produção científica da vida cotidiana.  

O projeto prepara para as provas do ENEM e de vestibulares, oferece apoio psicológico e acompanhamento durante a formação, gerando empregabilidade e acesso a vagas de estágio e emprego, por meio de parcerias com empresas e instituições de ensino.  Já passaram pelo Futuras Cientistas mais de 4.000 pessoas, entre professoras da educação básica, estudantes e ex-alunas da rede pública estadual, em 3 estados: Paraíba, Pernambuco e Sergipe. E quem participa volta para contribuir com a trajetória das novas integrantes.   

A iniciativa mostra que a ciência é um espaço a ser sonhado também pelas meninas e ocupado pelas mulheres. Acesse a metodologia completa do Programa Futuras Cientistas aqui

Respostas

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Skip to content